Paraplégico que usou exoesqueleto lamenta pouco destaque na abertura

Juliano Pinto foi protagonista de um trecho curto, mas grandioso da cerimônia de abertura da Copa do Mundo, na quinta-feira passada, na Arena Corinthians. Paraplégico, ele deu o pontapé inicial simbólico com a ajuda de um exoesqueleto, desenvolvido pela equipe do cientista brasileiro Miguel Nicolelis, professor da Universidade Duke, nos …

mais [+]